O Espaço Nimas e Filipe Melo apresentam “Sessões De Culto”.

Decidir que filme ver numa noite de semana torna-se, por vezes, uma missão impossível. Nos dias de hoje, a escolha é imensa, entre séries e filmes, Netflix e Amazon… e para sair de casa e ir ao cinema precisamos de um bom motivo. E que melhor motivo poderia haver do que ver, ou rever, um dos nossos filmes favoritos de infância no cinema?

Estive à conversa com Filipe Melo sobre “Sessões de Culto”, no Espaco Nimas, onde, uma vez por mês, às quartas-feiras, se exibe um filme seleccionado por ele. A convite da Leopardo Filmes e do Espaço Nimas, estas escolhas são “filmes que, por uma razão ou por outra, gostaria de voltar a ver em sala”. Mas não são os grandes blockbusters da era de 80 e 90, que poderão ser vistos noutra iniciativa em Lisboa, mas sim o “Cinema menos popular mas igualmente emblemático ou carismático. No fundo, são filmes improváveis”.

Pela sala já passaram histórias como “The Room”, “Gremlins”, “Groundhog Day” e em breve (Março) “Duel”, o filme de Steven Spielberg que muita gente nunca viu, ao que Filipe Melo responde – “É um prazer muito grande partilhar estes filmes com pessoas, especialmente com as que nunca os viram antes”.

Fotografia de Joana Linda

Hoje em dia há uma grande procura e desejo pelo nostálgico, seja na música, no cinema ou na moda, e há um grande público que procura pelas artes da década de 80 e 90. O grande exemplo é o sucesso inesperado da série “Stranger Things” que nos transporta imediatamente para a nossa infância e tudo o que adorávamos, desde referências Tolkianas a jogos como “Dungeons and Dragons”. Por isso perguntei se isso se nota na adesão a estas “Sessões de Culto”. Filipe Melo conta que “A resposta tem sido óptima. Temos tido sempre salas esgotadas e com público vivo e interessado, e isso é o que nos permite continuar a fazer as estas sessões e a ter convidados relacionados com os filmes”.

Até hoje, estas sessões tiveram convidados como Zach Galligan, protagonista de “Gremlins”, e um vídeo especial feito pelo argumentista de “Groundhog Day”, Danny Rubin. “Espero que o futuro nos permita ter mais convidados e assim contribuir para a magia destas sessões”.

Se antes não sabias o que fazer numa quarta-feira à noite, agora podes aproveitar para rever estes filmes que tanto nos marcaram, e partilhar a experiência!

Visita a página do Espaço Nimas:

https://www.facebook.com/espaconimas