Maria Lima

HomeAuthorMaria Lima, Autor em Cinema Pla'net

M.J.Lima nasceu no Porto onde estudou Teatro Contemporâneo e Dança. Depois de quase 10 anos no mundo do espetáculo decidiu ir viver para Londres onde trabalha como escritora de Banda Desenhada e jornalista de Entretenimento.

Quando me sentei numa sala, completamente cheia, para ver este filme não sabia com o que contar. Nunca tinha visto nada deste realizador e o trailer do filme não mostrava muito para além de que iria ser um drama familiar. É muito mais do que isso. "Waves" convida-nos para uma viagem intima sobre as pressões e expectativas nos jovens, mais precisamente no núcleo de uma familia Afro-Americana. Através de uma cinematografia genial, banda-sonora desconcertante e de uma desconstrução do protagonista,"Waves" é um filme que não deve ser ignorado tal como a sua mensagem.

Na passada Quarta-Feira fui a uma sessão especial do mais recente filme de Bong Joon-ho que já está a arrecadar os prémios mais cobiçados como Palma De Ouro em Cannes e mais recentemente nomeado para o Globo de Ouro para Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Realizador entre outros. O que faz deste filme se destacar tanto em relação a outros que retratam as desigualdades entre classes? Vamos descobrir o que faz de Parasita um filme de eleição.

https://cinemaplanet.pt/wp-content/uploads/2019/12/davidheyman-1280x720.jpg

O nome David Heyman pode não vos ser familiar mas os filmes que produziu até hoje podem: desde "Harry Potter" ao "Gravidade" até mais recentemente "Era uma vez...Em Hollywood" e "História de um casamento". E foi na passadeira vermelha deste ultimo filme que tive o prazer de trocar umas palavras. Sendo este o seu primeiro filme para a Netflix David Heyman falou da sua experiencia e deu umas dicas a quem quer fazer uma carreira no Cinema.

Na semana passada estive á conversa com Bruno Caetano para falarmos sobre a sua mais recente curta-metragem "O Peculiar Crime do Estranho Sr.Jacinto". Este gênero de animação sempre me fascinou desde os tempos em que era criança e via programas infantis na RTP2. Mais tarde, com filmes como "A Fuga Das Galinhas" e o "Pesadelo Antes Do Natal", sempre me trouxeram uma sensação de que passei para um Universo paralelo. Uma versão em que um Criador/a gostou tanto de brincar com plasticina que lhes deu vida própria.

Em 2013 a Disney surpreendeu todos os espectadores com o seu retorno ás poderosas canções  que foram durante muitos anos o pico dos seus filmes. Frozen e a canção "Let It Go" tornaram-se num sucesso internacional que provou que a Casa Do Rato conseguia voltar aos seus tempos gloriosos. Apostar numa sequela nem sempre resultou para a Disney e quase nenhum filme foi triunfante nesse aspecto. Mas será que Frozen II consegue recriar a magia do primeiro filme? Haverá musicas que consigam o mesmo poder de "Let It Go"? Venham comigo até Arendelle. Outra vez.