CinemaDestaquesNotíciasNotícias de CinemaPlataformas de CinemaA Netflix vence a guerra por “Red Notice”

A Netflix deu luz verde à produção de “Red Notice” para começar em 2020, um filme que representa o seu maior compromisso com uma película de longa duração, segundo informação exclusiva veiculada pela publicação Deadline. A produção conta com Rawson Marshall Thurber na realização e na escrita do argumento e conta com um elenco muito apelativo. Para já, estão confirmados Ryan Reynolds, Dwayne Johnson e Gal Gadot. “Red Notice” é um thriller de ação que...
Cátia Santos Cátia SantosJul 11, 2019

A Netflix deu luz verde à produção de “Red Notice” para começar em 2020, um filme que representa o seu maior compromisso com uma película de longa duração, segundo informação exclusiva veiculada pela publicação Deadline.

A produção conta com Rawson Marshall Thurber na realização e na escrita do argumento e conta com um elenco muito apelativo. Para já, estão confirmados Ryan Reynolds, Dwayne Johnson e Gal Gadot.

“Red Notice” é um thriller de ação que estava anteriormente nas mãos da Universal Pictures e transitou para a Netflix, depois de uma cerrada batalha entre ambos os canais de distribuição. Dwayne Johnson e Gal Gadot já se encontravam comprometidos com o projeto e Reynolds é o mais recente nome a ser confirmado.

A história deste thriller de ação de dimensão internacional centra-se em torno da perseguição de um agente da Interpol (Johnson) ao maior ladrão de arte do mundo e tem lugar em cenários espalhados por vários países.

De acordo com os autores do filme, a equipa encontrou na Netflix aquilo que não encontrou na Universal e a plataforma de streaming está em maior sintonia com as necessidades de calendário das estrelas que estão previstas para o filme, dado que as janelas de oportunidade para as filmagens são muito apertadas.

“Red Notice”, para além das imensas necessidades de que todo o calendário de execução não saia do inicialmente previsto, é um filme de elevado orçamento que conta, por exemplo, com um salário de 20 milhões de dólares para Johnson e um acordo de 8 dígitos para Thurber, que trabalhou com Johnson em “Central de Inteligência” e “Arranha-Céus”.

Com Gadot e Reynolds adicionados ao elenco, nada mudou, na realidade, já que a Netflix tem a vantagem de pagar salários antes de aceder aos resultados das receitas de bilheteira, como acontece com os estúdios, e conta, à partida, com um confortável orçamento na ordem dos 130 milhões de dólares.

Vê também: Adaptação de “The Division” aterra na Netflix

É irónico, contudo, que esta confirmação surja já depois de ter sido tornada pública a intenção de cortar nos gastos com a produção de filmes, depois dos maus resultados de “Operação Fronteira”, com Ben Affleck.

Este é o segundo grande filme para a Netflix e Reynolds, que protagoniza o filme de Michael Bay que terminou recentemente as filmagens “6 Underground”. Para Johnson, é o segundo grande filme seu a entrar em produção na Netflix, dado que se encontra em desenvolvimento “John Henry and the Statesman”. Para Gal Gadot, esta é a primeira colaboração com a plataforma.

“Red Notice” é produzido por Beau Flynn, através da FlynnPictureCo., Dwayne Johnson, Dany Garcia e Hiram Garcia, através da Seven Bucks Production, e Thurber. A produção executiva está a cargo de Scott Sheldon.

Segue-nos nas redes sociais!