Home Críticas Animaniacs: O reboot que critica os reboots

Animaniacs: O reboot que critica os reboots

“Animaniacs” é um desenho animado de comédia musical americano desenvolvido por Wellesley Wild e Steven Spielberg para o serviço de streaming Hulu.

“Animaniacs” é um reboot da série de televisão homónima de 1993.

Duas temporadas foram encomendadas para serem produzidas pela Amblin Television e a Warner Bros. Animation.

 

A primeira temporada de “Animaniacs” estreou na Hulu a 20 de novembro de 2020, e a segunda temporada tem previsão de estreia para 2021.

A primeira temporada é composta por 13 episódios com 3 curtas-metragens, duas que andam à volta das aventuras dos Warner Brothers depois de 22 anos ausentes e uma terceira que mostra dois ratos de laboratório a tentar conquistar o mundo. Os episódios rondam mais ou menos os 27 min.

Esta série pode ser considerada uma sátira porque em quase todos os episódios é feita uma crítica a algo que está a acontecer na sociedade de atualmente ou que poderá vir a acontecer. Mas a maior crítica que eles fazem é aos reboots exagerados feitos pelas produtoras cinematográficas.

Na minha opinião eles têm razão em fazer essa crítica, porque parece que as produtoras ainda estão muito agarradas ao passado e que só o passado é que era bom, o que é mentira porque atualmente também é se capaz de fazer coisas muito boas e para mais reboot não é certeza de sucesso.

Uma crítica que os fãs têm feito a esta 1 temporada, é o facto de da série original para este reboot só ter sido incluído o segmento do Pinky and Brain e ter deixado outros tantos para trás tais como Button and Mindy, Elmira and Max, the Goodfeathers, Rita and Runt, even Slappy the Squirrel, deixando a temporada um pouco incompleta.

Uma crítica que eu faço, é o facto de de algumas piadas que são feitas (caracter político) na série já serem um pouco desatualizadas, por causa do longo tempo de produção que a série levou a ser feita e à estreia tardia.

Um aspeto positivo na série é o facto de continuarem a existir os segmentos musicais e os que eu destacaria eram os dois que acontecem logo no 1 episódio: quando os Warner Brothers começam a perceber todas as mudanças que aconteceram ao longo de 22 anos e o outro é quando eles criticam Hollywood por causa do excesso de reboots.

Ver também: Primeiras impressões da nova série da Disney+ WandaVision

Esta série fez-me reviver bastante a minha infância, por causa do segmento do Pinky and Brain pois era um dos desenhos animados que eu mais gostava de ver.

Apesar de ser uma série de animação eu considero-a para toda a família, mesmo até para as crianças que apesar de não conseguirem perceber metade das piadas feitas ao longo da série ainda vão dar umas valentes gargalhadas.

Estreia em breve em Portugal.