Max Wright, mais conhecido por interpretar o papel de patriarca Willie Tanner na série de televisão “Alf, uma Coisa do Outro Mundo”, faleceu esta quarta-feira aos 75 anos de idade.

A família de Wright confirmou a informação à publicação TMZ. O ator morreu na sua casa em Hermosa Beach, Califórnia, depois de anos de luta contra um cancro. Max Wright havia sido diagnosticado com linfoma em 1995.

Publicidade

O ator é mais conhecido pelo seu papel como pai adoptivo de Alf, um boneco extraterrestre com muita conversa que aterrou por acidente na Terra. A série foi para o ar entre 1986 e 1990 na NBC e Wright participou em todas as temporadas.

A sua carreira conta ainda com participações noutras séries de televisão, como “The Norm Show”, “Murphy Brown”, “Friends”, “Quantum Leap”, “Misfits of Science”, “Cheers, Aquele Bar”, “Buffalo Bill,”, “Taxi” e “The Drew Carey Show”.

Max Wright foi também o gerente da icónica cafetaria de “Friends”, Central Perk, nos primeiros episódios da série, para além de ser o chefe de Norm MacDonald na série da NBC “Norm”.

No cinema, o seu currículo inclui filmes como “All That Jazz – O Espectáculo Vai Começar”, “A Neve Caindo Sobre Cedros”, “Reds”, “A Golpada – Parte II”, “Preto no Branco” e “O Sombra”.

Vê também: FRIENDS disponível na HBO Portugal a 1 de julho

Max Wright era ainda um ator de palco nomeado para prémios Tony, tendo a sua estreia na Broadway na produção de 1986 “The Great White Hope”. A sua nomeação para o Tony veio no seguimento da interpretação de Anton Chekhov na peça “Ivanov”, em 1998.