Um dos maiores festivais de cinema está prestes a começar, com uma seleção muito variada de produções que vão estar em exibição entre 27 de novembro a 5 de dezembro.

Desde documentários, passando por animações e curtas e longas-metragens, o XXI Caminhos Film Festival irá contar com a presença de inúmeros cineastas portugueses e estrangeiros, dispostos a expor os seus trabalhos, reunindo cento e noventa e oito películas ao longo dos nove dias.

caminhos

Todas as produções apresentadas estarão divididas entre cinco secções: Seleção Caminhos, Seleção Ensaios, Seleção Diásporas, Caminhos Juniores e Caminhos Mundiais. A cerimónia de abertura do Festival terá início às 21h30 do dia 27 no Conservatório de Música de Coimbra, e arrancará com a exibição da curta “Lei da Gravidade” do cineasta Tiago Rosa-Rosso e do documentário “O Dr. Adrian e os 5 Senhores,” da autoria de Francisco Moura Relvas. De 27 a 29, a maior parte das produções marcadas para esses dias serão exibidas no Conservatório de Música de Coimbra. De 30 até ao fim do evento, o Teatro Académico Gil Vicente receberá os restantes trabalhos.

A Seleção Caminhos possui fortes candidatos este ano, dedicando-se às estreias decorridas durante o último ano. Aqui, cineastas experientes e novatos poderão apresentar os seus trabalhos no campo das curtas e longas-metragens, documentários e animações. Destaque para o realizador Miguel Gomes, que está de regresso depois de ter vencido o Grande Prémio do Festival em 2010, desta vez apresentando a sua trilogia “As Mil e Uma Noites.” O anteriormente galardoado João Salaviza regressa também ao Festival, apresentando a sua longa-metragem “A Montanha,” que tem recebido algum reconhecimento internacional. Também Manuel Mozos apresentará três trabalhos seus: o documentário “João Bénard da Costa – Outros amarão o que eu amei” e as curtas-metragens “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” e “Cinzas e Brasas.” O conhecido cineasta português João Canijo também marcará a sua presença com o seu documentário “Portugal – Um dia de cada vez.”

A Seleção Ensaios trará ao público novidades da autoria de alunos de escolas de cinema nacionais e estrangeiras. Serão ao todo 95 curtas-metragens, selecionadas entre um rol de cerca de setecentas produções oriundas de mais de oitenta países. O objetivo é criar uma comparação entre o que se faz no estrangeiro com o que é produzido em Portugal. A exibição destas curtas realizar-se-á a partir do dia 29 de novembro, no Conservatório de Música de Coimbra.

A Seleção Diáspora terá como objetivo destacar as produções de cinema português que não foram criadas em território nacional. De destacar que os filmes “A Gaiola Dourada,” de Ruben Alves, e “O Salto,” de Christian de Chalonge, marcarão presença nesta secção, analisando diferentes perspetivas do fenómeno da emigração portuguesa. As sessões da Seleção Diáspora estarão disponíveis a partir do dia 30 de novembro e decorrerão nos Cinemas NOS do Fórum Coimbra, uma novidade apresentada nesta edição do Festival.

Por sua vez, a Seleção Caminhos Juniores apresentará uma série de nove curtas-metragens inteiramente dedicadas aos mais novos. As suas exibições decorrerão entre o dia 30 de novembro e o dia 4 de dezembro e tem como objetivo a captação de um público mais jovem ao cinema português. Apresenta-se como um estilo educativo e fomenta hábitos de consumo desde a infância no que toca ao cinema nacional. As suas exibições terão lugar no Teatro Académico Gil Vicente.

Caminhos

Por fim, a Seleção Caminhos Mundiais será este ano apresentada em colaboração com a Embaixada da Áustria em Portugal. A 28 e 29 de novembro e de 1 a 4 de dezembro, o Museu da Ciência da Universidade de Coimbra receberá ao todo 23 produções austríacas que vão desde documentários, animação, filmes experimentais e longas-metragens. O objetivo será criar uma ponte entre ambas as culturas, apresentando as diferentes variedades de cinematografia austríaca e despertando a curiosidade sobre uma outra forma de olhar o mundo.

Ao longo destes nove dias, o cinema não para em Coimbra, e inúmeros cineastas portugueses e estrangeiros estarão presentes para mais uma edição de um dos maiores festivais de cinema do país. A cerimónia de encerramento ocorrerá no Teatro Académico Gil Vicente, a 4 de dezembro, onde serão revelados os vencedores dos prémios atribuídos pelo júri deste ano da XXI edição da Caminhos Film Festival.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui