Judy”, um filme que revisita as últimas atuações de palco da icónica Judy Garland, começa a ser produzido em fevereiro e deverá ter Renée Zellweger no papel principal.

A Pathé e a Calamity Films anunciaram a data para o começo das gravações da sua película sobre os últimos concertos da histórica Judy Garland, chamada simplesmente “Judy”.

O filme terá Rupert Goold, um britânico aclamado pelas suas produções em teatro musical como realizador. A sua musa deverá ser Renée Zellweger, que já brilhou e chegou mesmo  a ser nomeada para os prémios da Academia em filmes musicais como “Chicago”.

O enredo do filme terá lugar na cidade de Londres, em 1968, 30 anos depois de Garland, ainda uma menina, ter impressionado o mundo em “O Feiticeiro de Oz”. A película mostra Judy com 47 anos de idade, apenas dois dos quais não foram passados no mundo do esoetáculo, e revela o contraste entre a vivacidade e simpatia que mostrava em palco e o cansaço que sentia nos bastidores, depois de uma vida dedicada às artes.

O argumento estará a cargo de Tom Edge e a produção ficará nas mãos de David Livingstone.

Antes de a vermos na pele de Judy Garland, Renée Zellweger tem ainda três projetos por estrear. “Same Kind of Different As Me”  está em exibição nalguns países, mas poderá não chegar a Portugal.