CinemaDestaquesFilmesPorto/Post/Doc com Chris Petit e Matías Piñeiro em destaque

A próxima edição do Porto/Post/Doc colocará em foco os realizadores Chris Petit e Matías Piñeiro. A realizar-se entre 24 de novembro e 2 de dezembro, esta edição decorrerá em vários espaços da cidade do Porto. Nesta nova edição do Porto/Post/Doc será possível ver grande parte da obra de Chris Petit, numa reunião de curtas e longas metragens, sendo algumas delas a primeira vez que são exibidas em Portugal. Para além disso, a cidade do Porto poderá...
Out 9, 20186 min

A próxima edição do Porto/Post/Doc colocará em foco os realizadores Chris Petit e Matías Piñeiro. A realizar-se entre 24 de novembro e 2 de dezembro, esta edição decorrerá em vários espaços da cidade do Porto.

Nesta nova edição do Porto/Post/Doc será possível ver grande parte da obra de Chris Petit, numa reunião de curtas e longas metragens, sendo algumas delas a primeira vez que são exibidas em Portugal. Para além disso, a cidade do Porto poderá receber o realizador que apresentará os seus filmes, nomeadamente Negative Space.

A obra de Matás Piñeiro encontra-se-à igualmente em destaque e presente neste festival. Com apenas 36 anos, o realizador argentino tem-se dedicado à adaptação de textos de Shakespeare para cinema, tornando-se assim uma das jovens promessas do cinema latino-americano. No Porto/Post/Doc serão apresentados cinco dos seus filmes: Una Mujer SilenciosaViolaIn The MuseumLa Princesa de Francia (nomeado para melhor filme no Festival de Locarno) e Hermia & Helena.

Matías Piñeiro apresentará ainda uma carta branca no festival: Il Monte delle Formiche, do realizador Riccardo Palladino. O filme será, aliás, apresentado em estreia nacional.

Assim, os realizadores Chris Petit e Matías Piñeiro juntam-se à programação já anunciada, que inclui uma retrospectiva integral da obra de António Reis e Margarida Cordeiro e um workshop orientado por Laura Mulvey.

Porto/Post/Doc

Vê também: Bill Nichols e Paula Rabinowitz vão orientar masterclasses no Family Film Project

O realizador e escritor, Chris Petit, teve a sua estreia com a sua primeira longa-metragem, “Radio On” em 1979. Este filme, cujo pano de fundo é a paisagem britânica, conta igualmente com uma banda sonora arrojada. Contém músicas de David Bowie, Kraftwerk, entre outros.

Os filmes do realizador ficaram marcados ao longo destes últimos 40 anos pelas figuras marginais, como Peter Whitehead; A experimentação dos meios audiovisuais (contemple-se que chegou, inclusivemente, a trabalhar para a televisão); E o cruzamento entre as imagens e a deriva urbana, trabalho que realizou com Iain Sinclair.

O Porto/Post/Doc decorre entre 24 de novembro e 2 de dezembro. Terá lugar no Teatro Municipal do Porto – Rivoli, no Cinema Passos Manuel, no Cinema Trindade, no Planetário do Porto – Centro Ciência Viva, na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e Escola das Artes – UCP.

Sara Júnior

Sara Júnior

Apaixonada por escrita, livros e séries tudo o que envolva o entretenimento é algo que me agrada. Estudante de Licenciatura Comunicação e Media no Instituto Politécnico de Leiria.