Colo, da cineasta Teresa Villaverde, venceu  o principal galardão do Festival L’Europe Autour de l’Europe, o Prémio Sauvage.

Colo foi premiado por unanimidade pelo júri composto pelo crítico de cinema Tue Steen Müller, pelos realizadores Ralitza Petrova, Szabolcs Tolnai, Rafael Lewandowski e pelo produtor György Raduly.

Publicidade

Teresa Villaverde foi a argumentista, produtora e realizadora do filme. A longa-metragem reflete os efeitos da crise numa família de classe média, interpretada por João Pedro Vaz e Beatriz Batarda.

Colo teve estreia mundial em fevereiro do ano passado, no Festival de Cinema de Berlim, integrando a sua competição oficial. Para além disso, o filme será exibido numa das secções paralelas do Festival de Cinema de Cannes, em maio, juntamente com outros dois filmes portugueses: “Terra Franca”, de Leonor Teles, e “Verão Danado”, de Pedro Cabeleira.

Vê também: Quatro filmes com cunho português participam em festival de Nova Iorque

ColoA cineasta Teresa Villaverde tornou-se realizadora nos anos 90. É da mesma geração de realizadores como Pedro Costa e João Pedro Rodrigues. No seu portfólio podes encontrar filmes como “Três irmãos”, “Os Mutantes” e “Transe”.