Segundo anúncio da MGM e da Sony, “007: Sem Tempo Para Morrer”, terminou oficialmente o seu período de produção com direito a uma fotografia especial no set das filmagens.

Cary Joji Fukunaga, o realizador, partilhou depois uma imagem na sua conta de Instagram para comemorar o fim das filmagens. Assim, com uma fotografia da claquete em pormenor, revelou que o filme foi rodado em 80mm e preparado para Imax.

View this post on Instagram

It’s a wrap

A post shared by Cary Fukunaga (@cary_fukunaga) on

A produção de “007: Sem Tempo Para Morrer” teve início em abril de 2019. Cary Joji Fukunaga substituiu Danny Boyle, realizador anteriormente anunciado,  que abandonou o projeto devido a diferenças criativas.

O filme foi rodado em diversas localizações, dividindo-se entre: Pinewood Studios no Reino Unido; Londres; Jamaica; Itália e Noruega.

Vê também: Christoph Waltz junta-se a “Bond 25” como Blofeld

O elenco de “007: Sem Tempo Para Morrer” inclui Daniel Craig, Ralph Fiennes, Naomie Harris, Ben Whishaw, Lea Seydoux, Rory Kinnear, Jeffrey Wright e caras novas como Rami Malek, Ana de Armas, Lashana Lynch, Billy Magnussen, David Dencik e Dali Benssalah.

O realizador Cary Joji Fukunaga escreveu o argumento juntamente com Neil Purvis, Robert Wade, Scott Z. Burns e Phoebe Waller-Bridge, que foi recrutada para polir o argumento, sobretudo no que toca aos personagens femininos.

Tendo por base a ideia do espião retirado da carreira, o filme começa com Bond na Jamaica já perfeitamente integrado na sua reforma e oficialmente fora do ativo. Quando o seu amigo Felix Leiter lhe pede ajuda, acaba por voltar ao mundo da espionagem.

A EON Productions associou-se à Metro Goldwyn Mayer Studios e à Universal Pictures nesta produção. O anterior título da saga, “007 Spectre”, estreou no cinema em 2015 e arrecadou um total de 880.7 milhões de dólares a nível mundial em receitas de bilheteira.

O filme estreia nos cinemas em abril de 2020.