A série “Doom Patrol” foi oficialmente renovada para uma segunda temporada, que irá para o ar em 2020 e será transmitida na plataforma de streaming do Universo DC e na HBO Max.

A Warner Bros. TV e a DC Entertainment fizeram o anúncio oficial e, para além do fator surpresa da renovação da série, há ainda o elemento HBO Max, o ainda por lançar serviço de streaming da Warner Media.

O anúncio foi feito durante a Comic Con de San Diego e no painel da DC Universe que marcou presença no certame, estiveram presentes o produtor executivo Jeremy Carver e a atriz Diane Guerrero (Crazy Jane) para o anúncio.

Mais pormenores não foram avançados, nomeadamente o número de episódios, mas é expectável que pelo menos 15 irão para o ar, se não forem mais – é preciso aguardar para ter confirmação oficial.

Antes da segunda temporada estrear na HBO Max, a primeira será colocada à disposição no mesmo serviço, quando este fizer a sua grande estreia no próximo ano. É ainda possível que outros títulos originais DC venham a fazer a transição para a HBO Max.

Vê também: Comic-Con – HBO divulgou mais um trailer de “Watchmen”

“Doom Patrol” revelou-se até à data como a mais bem recebida série do Universo DC, com a primeira temporada com uma aceitação por parte dos críticos de 95% no site de classificação de filmes e séries Rotten Tomatoes.

“Doom Patrol” gira em torno de um dos mais estranhos grupos de marginais da DC: Robotman (Brendan Fraser), Negative Man (Matt Bomer/Matthew Zuk), Elasti-Woman (April Bowlby) e Crazy Jane (Guerrero).Liderados pelo misterioso Dr. Niles Caulder (Timothy Dalton), são chamados a agir pelo derradeiro herói da era digital Cyborg (Jovian Wade). Alan Rudyk também faz parte do elenco, como Mr. Nobody.

Os personagens foram criados por Arnold Drake, Bob Haney e Bruno Premiani na páginas da banda desenhada de 1963 My Greatest Adventure, na edição 80, mas a série é sobretudo baseada no olhar de Grant Morrison sobre os mesmos, no início dos anos 90.

Jeremy Carver é supervisor da série, produtor executivo e argumentista, com Geoff Johns, Greg Berlanti e Sarah Schechter da Berlanti Productions a assumirem também papéis na produção executiva da série.