More

    Novo filme da Hello Kitty já tem argumentista

    A adaptação a filme das peripécias do mundo de Hello Kitty trouxe para o projeto Lindsey Beer, a argumentista que é uma estrela em ascensão e que muita atenção tem trazido para si. De repente, Kitty White ganha uma aliada de peso para a sua viagem até Hollywood.

    Beer tem dois filmes de longa duração no seu currículo, entre os quais o original Netflix “Sierra Burgess Is a Loser” e o ainda por estrear ” Chaos Walking”, com Tom Holland e Daisy Ridley.

    Hello Kitty

    O filme “Hello Kitty” vai ser produzido por Beau Flynn através da sua FlynnPicture Co, juntamente com a Sanrio, a empresa japonesa por detrás da icónica marca da cultura pop, que tem andado por cá desde 1974.

    Para já, ainda não se sabe que o filme será um híbrido como “Pokémon Detetive Pikachu” ou uma animação tradicional, mas a ideia é que seja tão apelativo a nível global como foi aquele título. Por outro lado, sabe-se que as personagens que fazem parte do mundo de “Hello Kitty”, como Gudetama, My Melody e as Little Twin Stars, foram também incluídas no acordo original da compra dos direitos.

    Lindsey Beer tem outras experiências na escrita de argumentos, não só os filmes de longa duração, já que esteve envolvida em “Masters of the Universe”, da Sony, “The Kingkiller Chronicles” da Lionsgate e “Paramount’s Transformers: The Last Knight”.

    Para além de argumentista, Beer terá a seu cargo a supervisão e a produção executiva da adaptação da banda desenhada de Mark Millar, ” The Magic Order”, para a Netflix e está igualmente a escrever em parceria com Geneva Robertson-Dworet o spinoff de “Velocidade Furiosa” composto por um elenco centrado em personagens femininas.

    Beer e Robertson-Dworet juntaram-se recentemente à co-autora de “Captain Marvel (Capitão Marvel)”, Nicole Perlman, para lançar a empresa de produção Known Universe, que se espera venha a estar responsável pela produção executiva do filme “Hello Kitty”.

    Hello Kitty foi criada em 1974 por Yuko Shimizu e surgiu em vários jogos de vídeo, séries animadas, filmes (no Japão e nunca em Hollywood), banda desenha e até um álbum. É a segunda franquia mais rentável de todos os tempos, tendo angariado em receitas, até 2018, mais de 50 biliões de dólares.

    Hello Kitty

    O enorme sucesso internacional transversal a tantas plataformas não impediu, contudo, que a Sanrio não fosse muito protetora dos direitos cedidos para a concretização do filme ao longo destas 4 décadas.

    Vê também: Pokémon: Detetive Pikachu – uma investigação encantadora, mas esquecível

    A New Line conseguiu um acordo com a empresa japonesa e representa um marco para a indústria do ramo, para além de marcar a primeira aventura da New Line Cinema em conteúdos amistosos para famílias, já que a maioria do seu catálogo consiste em filmes de terror como a saga “The Conjuring – A Evocação” e os seus spinoffs e a aclamada adaptação do clássico romance de Stephen King “It”.

    Cátia Santos
    Cátia Santos
    Sou apaixonada pelo cinema e pela escrita mas a minha primeira paixão foi a História. Em cada uma destas paixões estou como quando respiro e quero continuar a respirar assim.

    Queres estar a par de todas as novidades? Calma!

    Prometemos que não te vamos chatear a toda a hora. Garantimos que te vamos enviar conteúdo de qualidade.

    Últimos Artigos

    Artigos Relacionados