O mais recente filme da Pixar, “À Procura de Dory”, “esmagou” a concorrência e tornou-se esta semana o filme de animação com a melhor estreia na história do cinema, superando “Toy Story 3”.

Na semana de estreia de “À Procura de Dory”, a sequela de “À Procura de Nemo”, a nova longa-metragem da Pixar fez história nas bilheteiras dos Estados Unidos. O filme arrastou milhares de norte-americanos levando a uma brutal receita de cerca de 136,2 milhões de dólares na semana de estreia. No mercado internacional o filme de animação arrecadou 50 milhões de dólares, com a maioria dos fundos vir das salas de cinema da China (17,5 milhões de dólares).

Publicidade

“À Procura de Dory” é assim o terceiro filme da Disney que superou a marca de mais de 100 milhões de dólares na semana de estreia no ano de 2016. “Capitão América: Guerra Civil” conseguiu 179 milhões de dólares na primeira semana e “O Livro da Selva” 103 milhões. Com estes números, ao que tudo indica, “À Procura de Dory” será o próximo filme a superar a marca do bilião de dólares no cinema.

13 anos depois da primeira aparição de Dory em “À Procura de Nemo”, o peixe que tem memória curta regressa com estrondo ao cinema no seu próprio filme, alcançando uma série de números fantásticos e quebrando vários recordes.

Finding Dory posterO próximo filme da máquina de fazer dinheiro da Disney é a animação de Steven Spielberg, “O Amigo Gigante”, que estreia a 7 de julho em Portugal (1 de julho nos Estados Unidos).

“À Procura de Dory” é realizado pelas mentes por trás de “À Procura de Nemo” e “Toy Story”, Andrew Stanton e Angus MacLane. No elenco, Ellen DeGeneres regressa para dar voz a Dory. Outros atores que vão “emprestar” a sua voz às personagens desta história são Albert Brooks, Ed O’Neill, Ty Burrell, Diane Keaton e Idris Elba.

O filme da Disney chega às salas portuguesas já no dia 23 deste mês.