Angelina Jolie soube aliar a beleza ao talento, conseguindo fazer as delícias dos estúdios de Hollywood. Porém, com isto, Angelina acabou por enveredar por um caminho que a levou rapidamente ao mediatismo, mas que lhe trouxe pouco reconhecimento no que toca à sua, diga-se, elevada qualidade de representação.

Angelina Jolie, nascida no ano de 1975, na cidade de Los Angeles, na Califórnia, encetou a sua carreira na sétima arte em 1982, com uma participação no filme “Aventura em Las Vegas” que foi escrito e protagonizado pelo seu pai, John Voight (“O Cowboy da Meia-noite”). Após o filme que a lançou, Angelina participou em várias curtas-metragens e pequenos vídeos, voltando às longas-metragens somente em 1995 em “Hackers – Piratas Cibernéticos”, onde foi protagonista.

Apesar de sobressair com o seu desempenho no filme feito para televisão “Gia”, para se conseguir ver uma verdadeira boa prestação de Angelina Jolie e, muito provavelmente, a sua melhor, temos de esperar até 1999, quanto esta interpretou Lisa, em “Vida Interrompida”.

Ver também: Leigh Whannell e a Blumhouse preparam uma série sobre “Upgrade”

Numa carreira repleta de filmes de ação, é quando foge desse mesmo registo que Angelina alcança as suas melhores prestações. Para além de “Vida Interrompida”, Angelina obteve um desempenho igualmente fabuloso aquando da interpretação de Christine Collins no filme de Clint Eastwood, “A Troca”. Angelina Jolie conseguiu ainda arrancar um bom desempenho, num registo que nunca antes tinha experimentado, a fantasia, quando interpretou Maléfica, no filme com o mesmo nome.

1Lisa em “Vida Interrompida” (1999)

Personagem: Uma jovem mulher sociopata que vive num hospital psiquiátrico.

É com este filme que Angelina Jolie consegue dar o boom na sua carreira. Um desempenho estonteante fez com que a atriz de, na altura, 24 anos, se lançasse de forma definitiva na carreira onde mais tarde iria atingir o estrelato.

Pode afirmar-se, muito provavelmente de forma unânime, que este foi, até ao momento, o seu melhor desempenho. Tal como a sua personagem, Angelina revela com o seu desempenho atrevimento, irreverência e ousadia em doses adequadas para brilhar.

Angelina Jolie conseguiu arrecadar, com a interpretação de Lisa, o Oscar na categoria de atriz secundária.

Realizador: James Mangold